Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 3.702.960 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 É indispensável para o aplicador de auto-hemoterapia

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Comentário
 Terça-feira, 6 de outubro de 2020 - 16:04:06 
200.187.174.26

É indispensável para o aplicador de auto-hemoterapia conhecer o conteúdo do endereço  

 

http://www.rnsites.com.br/autohemoterapia-protocolo.htm 

 

 

"PROTOCOLO DE AUTOHEMOTERAPIA 

Prof. MSc. Enf. Telma Geovanini 

 

TÉCNICA DE AUTOHEMOTERAPIA 

 

Periodicidade 

 

1. Punção Venosa 

 

2. Aplicações 

 

OBSERVAÇÕES 

 

1- Região deltóidea(D) 

 

2. Região dorso glútea(DG) 

 

3. Região ventroglútea(VG) 

 

É IMPORTANTE QUE, ANTES DAS APLICAÇÕES, O PACIENTE PASSE POR UMA AVALIAÇÃO, ONDE SERÁ COLHIDA ATRAVÉS DE ANAMNESE A SUA HISTÓRIA ATUAL E PREGRESSA, E REALIZADO SEU EXAME FÍSICO COMPLETO, FAZENDO-SE A INDICAÇÃO PRECISA DO CASO. 

 

A CADA SEÇÃO DE AUTOHEMOTERAPIA DEVE-SE REAVALIAR O PACIENTE, VERIFICAR SEUS SINAIS VITAIS E ESTADO GERAL E FAZER A EVOLUÇÃO RELATANDO NO PRONTUÁRIO OS SEUS PROGRESSOS COM O TRATAMENTO. INTEIRAR-SE DO PACIENTE COMO UM TODO, INDAGANDO E OBSERVANDO TAMBÉM O SEU EMOCIONAL, MENTAL. 

 

TODA A TECNICA DEVE SER CUIDADOSA E DELICADA, SEM PRESSA E SEMPRE COM A COLABORAÇAO E PARTICIPAÇÃO DO PACIENTE. UM AMBIENTE CALMO, LIMPO E TRANQÜILO DEVE SER ESCOLHIDO, SEM INTERRUPÇÕES E COM UM MÍNIMO DE PESSOAS OBSERVANDO, CONVERSANDO, ETC. 

 

JAMAIS NEGLIGENCIE A LIMPEZA E HIGIENE. ANTES DA APLICAÇAO HIGIENIZE AS MAOS RIGOROSAMENTE FRICCIONANDO-AS EM SEGUIDA COM ALCOOL A 70% E FAÇATAMBEM A ANTISSEPSIA DOS LOCAIS DE PUNÇAO E APLICAÇAO COM ALCOOL A 70%. CONFORME PROTOCOLO. 

 

TÉCNICA DE AUTOHEMOTERAPIA: 

 

Prescrição básica (que poderá ser alterada pelo médico de acordo com sintomas e gravidade da doença): 

 

Coletar de 5 (prevenção, profilaxia de doenças e sintomas leves) a 10 ml de sangue de uma veia periférica e injetar imediatamente este mesmo sangue nas regiões; deltoide, ventroglutea ou dorso glútea. 

 

Periodicidade: 

 

1 vez cada 7 dias durante 10 a 12 semanas em seguida suspender de 30 a 40 dias, reavaliar e voltar a fazer outro ciclo se necessário. Podem ser feitos vários ciclos subseqüentes e a terapia pode ser feita indefinidamente. As paradas ajudam o sistema imune a dar uma resposta melhor posteriormente, pois com a freqüência das aplicações o sistema de estabiliza (atécerto ponto). Assim o impulso imunológico pós pausa torna o sistema mais responsivo. 

 

Antecedendo ao procedimento, realiza-se a higienização das mãos e fricção com álcool a 70% 

 

O calçamento de luvas de procedimentos pode ser dispensado na auto aplicação, mas deve ser feito em aplicações de uma pessoa para outra, principalmente se pessoa em que se desconhece seu histórico patológico pregresso e atual . 

 

O manuseio adequado do material descartável (seringa e agulhas) de uso individual do paciente – Este é um serio problema como e onde descartar o material utilizado nas aplicações. Deve-se evitar jogá-los no lixo comum, de preferência, use uma vasilhame (tipo embalagem de sorvete de 2 litros com tampa) e vá acondicionando as seringas acopladas à agulha para posterior descarte em lixo hospitalar ou incineração. 

 

Posição do paciente: deitado e relaxado 

 

Orientar o paciente sobre o procedimento e obter sua colaboração 

 

..." 

 

A professora Telma Geovanini é mestre em Ciências e Enfermeira. Tem competência reconhecida internacionalmente, inclusive pela publicação de pesquisa científica sua na Revista de Enfermagem Referência  

 

file:///C:/Users/ARENA01/Downloads/Revista_Refer%C3%AAncia_RII0823%20(1).pdf  

 

Tratamento da Esclerodermia doença auto imune através da auto-hemoterapia: um estudo de caso clínico 

Autores: Telma Geovanini 

Manoel Mozart Corrêa Norberto 

Orientadores:  

Recebido para publicação: 2008-09-08 

Aceite para publicação: 2009-02-13 

Secção: Artigo de Investigação 

 

Resumo 

 

Neste estudo descritivo exploratório de natureza qualitativa, apresentamos o caso clínico da cliente ADB de 48 anos, branca, residente em lar, diagnóstico de Esclerodermia doença auto imune, portadora de extensas feridas com predominância de tecido necrótico, envolvendo a mama direita e os membros inferiores dos joelhos para baixo. A sua finalidade é demonstrar a efectividade do uso da auto-hemoterapia em feridas e lesões da pele, visando contribuir com evidências clínicas na área de Enfermagem em Práticas Integrativas e Complementares. A auto-hemoterapia é um método de tratamento controvertido, porém bem sucedido, usado especialmente em países da Europa. Consiste na auto estimulação do sistema imunológico através da retirada de determinado volume de sangue venoso do próprio paciente e aplicação imediata por via intra-muscular deste mesmo volume de sangue, sem nada acrescentar ao mesmo, técnica simples que estimula o aumento dos macrófagos pelo Sistema Monocítico Fagocitário, indicada especialmente em doenças auto imunes (Moura, 2006). 

O tratamento de enfermagem e o follow-up médico, foram realizados através de visitas domiciliares à cliente, e obedeceu previamente a um protocolo de avaliação da rede venosa, complementado com registo fotográfico sistemático e progressivo das lesões. A cliente foi submetida exclusivamente à auto-hemoterapia durante 4 meses e limpeza das feridas com solução isotónica de Cloreto de magnésio a 10%. Como resultado deste tratamento, evidenciamos melhora acentuada do quadro clínico e das lesões, com granulação de 70% das áreas afectadas nos membros inferiores e cicatrização total da lesão mamária, conforme evidências fotográficas. 

...". 

 

Texto integral em file:///C:/Users/ARENA01/Downloads/Revista_Refer%C3%AAncia_RII0823%20(1).pdf 

Ubervalter Coimbra
70 anos
- Vitória - ES

[voltar]

envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a participação que motivou este comentário]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2020)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org