Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.443.004 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Inquérito contra a proibição da auto-hemoterapia no

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Participação
5903
Sexta-feira, 7 de abril de 2017 - 14:43:37
187.115.235.24

Inquérito contra a proibição da auto-hemoterapia no Ministério Público Federal tem nova presidente 

 

“Anvisa, CFM, Cofen e CFF cometeram fraude científica para determinar a proibição do uso da auto-hemoterapia nos órgãos de saúde brasileiros.” 

 

Marisa Varotto Ferrari. Este é o nome da procuradora do Ministério Público Federal (MPF) que passou a presidir o Inquérito Civil 1.17.003.000180/2015-31 instaurado na Procuradoria da República no município de São Mateus, no Espírito Santo, para apurar denúncias contra a Anvisa, CFM, Cofen e CFF por proibirem criminosamente a auto-hemoterapia no país. 

 

Marisa Varotto Ferrari substituiu a procuradora Carolina Augusta da Rocha Rosado, que instaurou o inquérito civil, após receber denúncias de que o governo federal, pela Anvisa, e os Conselhos de Saúde, à frente o CFM, violentaram a lei - até mesmo a Constituição Federal - para proibir a auto-hemoterapia no Brasil, depois de 109 anos de uso livre da técnica no país. 

(Veja http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/walter-medeiros-15-h-procuradora-da-republica-abre.asp ) 

 

As providências das procuradoras poderão permitir que cessem as arbitrariedades cometidas pela Anvisa, CFM, Cofen e CFF em relação à pratica da auto-hemoterapia, permitindo que os brasileiros voltem a usar a técnica livremente. Milhões de pessoas em todo o Brasil usam a auto-hemoterapia, mas uma legião de brasileiros não encontra aplicadores, em função da arbitrariedade dos órgãos. 

 

Ao MPF foi denunciado que o Brasil é o único no planeta a impedir que a população se beneficie da técnica, que cura ao aumentar a imunidade em quatro vezes. A eficácia, segurança e como atua a auto-hemoterapia na promoção da saúde são confirmadas e explicadas em milhares de publicações científicas, diferentemente do que dizem a Anvisa, CFM, Cofen e CFF, que cometeram fraude científica para determinar a proibição do uso. 

 

A busca da ajuda do MPF para o enquadramento dos órgãos que prejudicam os brasileiros ocorreu em 15 de dezembro de 2015. O andamento do processo pode ser verificado no endereço  

http://apps.mpf.mp.br/aptusmpf/index2#/detalhe/100000000000069024731?modulo=0&sistema=portal  

 

Cientista se manifesta ao MPF, em parecer 

 

No processo, por solicitação do MPF, se manifestou o professor doutor José de Felippe Jr, presidente da Associação Brasileira de Medicina Biomolecular e Nutrigenômica. Um dos mais notáveis divulgadores da Ciência Médica no país, é profundo conhecedor da auto-hemoterapia, que analisou em artigo cientifico. Ele defende que o tratamento médico seja humanizado. 

http://www.medicinabiomolecular.com.br/sdi4/sdi4-arquivos/pdf/news90.pdf  

 

Conheça ainda parte do trabalho de divulgação cientifica do dr. José de Felippe em  

https://www.youtube.com/channel/UCQTOPLEFah0hBCB7dmaoPtw/videos?sort=dd&view=0&shelf_id=0 

 

O conteúdo do parecer do dr. José de Felippe Jr ao MPF ainda não é de conhecimento público. Considerando sua competência cientifica, os auto-hemoterápicos do Brasil apostam que ele assegurou ser a auto-hemoterapia eficaz e segura, e importante para a humanidade. 

 

Texto do jornalista Walter Medeiros 

 

Ontem às 02:49 

 

CurtirComentarCompartilhar 

 

Goreti Mayer, Mario Dias, Paulocesar Benjamim e outras 60 pessoas curtiram isso. 

 

Comentários 

 

Leca Leite Libera ja a auto-hemoterapia 

 

Anisio Filho Já era pra ter sido liberada!! Eu sou praticante a mais de oito anos!! Só maravilhas!!!! 

 

Beto Silva Já urgente eu visto essa camisa 

 

Goreti Mayer Libera logo já sou praticante à um ano, minha vida mudou muito, pra melhor é claro!!!!! 

 

Publicado em https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/  

 

Pela transcrição,  

Ubervalter Coimbra
66 anos
- Vitória - ES

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 2 comentários  -  2 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

 Sexta-feira, 7 de abril de 2017 - 15:48:03 
187.115.235.24

Muitos auto-hemoterápicos acham oportuno que as pessoas façam contato com a procuradora que assumiu o inquérito, pedindo agilidade na sua decisão. Também vi muitas manifestações sugerindo que a Procuradoria da República em São Mateus realize uma audiência pública sobre o tema. 

 

Com a palavra  ... (total de 1069 caracteres)

Ubervalter Coimbra
66 anos
- Vitória - ES

 Sexta-feira, 7 de abril de 2017 - 15:23:04 
191.191.117.138

Cada vez mais podemos observar que a Auto-Hemoterapia é um recurso de quadruplicação do potencial do corpo para responder aos danos que se instalam. Faço há 23 anos e sou testemunho em mim, em minha família e profissionalmente a todos as pessoas que acompanho desde 1994. Parabéns pelo empenho deste  ... (total de 346 caracteres)

Ida Zaslavsky  
Florianópolis



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org