Auto-hemoterapia Informações e debates

            Quem somos

                 auto-hemoterapia o que é? |  informações & debate |  depoimentos |  publicações |  vídeos |  política de privacidade |  pesquisa virtual

ver participações do dia Visitantes: 2.562.416 (início em 30/10/2010)

"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas








Assine a petição
para a Liberação da
Auto-hemoterapia








"Conversa com o
Dr. Luiz Moura:
O que é
auto-hemoterapia?
"


Vídeo na íntegra.

Conversa com o Dr. Luiz Moura

Agora também
subdividido em
60 temas

Busca Saúde
Loading

 Walter Medeiros -> Auto-hemoterapia - Meu sangue me cura

Auto-Hemoterapia - Informações e Debate - Participação
5994
Domingo, 5 de novembro de 2017 - 12:16:58
177.79.26.114

Walter Medeiros -> Auto-hemoterapia - Meu sangue me cura 

Administrador · Ontem às 09:53 

 

Auto-hemoterapia em gestantes, quimioterapia e diabetes 

 

O uso de auto-hemoterapia por mulheres grávidas, pessoas submetidas a tratamento com quimioterapia e diabéticos são alguns dos assuntos esclarecidos pelo Dr. Luiz Moura, no DVD que trata daquela técnica. Segundo o médico, as mulheres grávidas podem fazer auto-hemoterapia, pois não há perigo nenhum. Afirma que “Amamentando, o leite vai conter mais anticorpos do que se ela não fizer a auto-hemoterapia” e que “A criança vai receber um reforço imunológico”. Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há 180 anos e foi difundida pelo Dr. Luiz Moura, do Rio de Janeiro. 

O médico carioca defende que as pessoas que estão fazendo quimioterapia devem fazer a auto-hemoterapia. Explica que no caso da radioterapia não há necessidade de fazer a auto-hemoterapia, porque não vai acrescentar nem beneficiar nada. “Como a quimioterapia afeta negativamente o Sistema Imunológico - porque ela atua como imunossupressora, não só sobre as células neoplásicas ou cancerosas, mas também sobre as células boas, de defesa - então a auto-hemoterapia feita simultaneamente evita que o Sistema Imunológico baixe demasiadamente”, diz Dr. Moura, acrescentando: “Porque não existe ainda uma quimioterapia que seja dirigida especificamente para as células cancerosas, ela debilita também as células de defesa e aí a auto-hemoterapia vai contrabalançar, vai reduzir seus efeitos nocivos”. 

A respeito do uso da auto-hemoterapia nas complicações de diabetes defende que seria válido, exemplificando que tratou de uma paciente que teve uma úlcera de pé, que pegou o tornozelo e já se via até os tendões. O caso chegou no nível de amputação, que estava marcado para 2 (dois) ou 3 (três) dias depois. A senhora era diabética havia muitos anos, ele foi chamado para atendê-la e achou que deveria ser tentada a auto-hemoterapia, para evitar a amputação. Ela fez o tratamento de algumas semanas, a úlcera fechou e não teve que amputar. 

Recorda que “A mulher veio a falecer uns vinte anos depois, com o seu pé. Ela faleceu em conseqüência da diabetes - de um acidente vascular agudo, enfarto do miocárdio, porque a diabetes produz esses acidentes vasculares. Mas ela morreu com o pé que seria amputado uns vinte anos antes”. Observa que com a auto-hemoterapia “ela ganhou vinte anos de uma qualidade de vida maior, porque já podia caminhar, andar perfeitamente, sem uso de nenhum aparelho. 

Quanto aos casos de cegueira, mostra que diabetes produz uma arterite, uma inflamação na íntima das artérias, e é por isso que leva à cegueira, à falta de oxigenação dos tecidos em função do entupimento. A auto-hemoterapia pode realmente influenciar em alguma coisa, porque dá uma proteção maior à célula, aumenta a sua resistência a essa irritação da glicose. “Não que ela cure - ela não atua curando a diabetes, de maneira nenhuma - mas ela, pelo menos, protege a célula e os efeitos adversos levam mais tempo para ocorrer”, comenta. Assegura também que “É uma forma de retardar a destruição celular que ocorre em função da diabetes, que vai afetando todo o sistema vascular - não só os pequenos vasos, afeta os maiores depois”. Considera que “É uma doença que precisa ser combatida com muitos medicamentos que atuam contra os radicais livres” e que “Não é só controlar a glicose; é necessário evitar agressão à célula pelos radicais livres, isso com vitaminas A, E e C, selênio e várias substâncias que protegem a célula. 

---  

#gestante #quimioterapia #diabetes #sangue #autohemoterapia #medicina #enfermagem 

 

https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/1450665801719000/ 

Fetha    

[ocultar participação]  [voltar]

Comentários


Quero comentar Total de 1 comentários  -  1 nesta página
[primeira < anterior   Página de 1     próxima >  [última]

Quarta-feira, 22 de novembro de 2017 - 07:10:33
 

Nenhum comentário ainda.

 

Webmaster



envie este texto a seus amigos

Busca Saúde
Pesquisa personalizada








Atenção: NÃO USE informações aqui divulgadas para substituir uma consulta médica. Seja prudente, consulte um médico, quando entender necessário, para o correto diagnóstico e eventual tratamento".

[ir para a lista que contém esta participação]
 
  AHT HEMOTERAPIA: Informações & Debate, Depoimentos, Publicações e Vídeos (2007 - 2017)
Fique livre para divulguar informações aqui disponibilizadas.
Agradecemos a citação da fonte.
webmaster@hemoterapia.org